Buscar
  • Besouro da Silva

Superação e fotografia; a jornada de Deivid rumo ao sucesso através dos cliques




Empreendedor: Deivid Henrique Fernandes de Morais de Lima

Nome do negócio: DJ Fotografias

Idade: 25 anos

Localidade: Pato Branco, PR

Tempo de atuação: 5 anos

Redes sociais: @david_fernandesofc

Expectativas: Se tornar um fotógrafo reconhecido em todo o Brasil


A história de Deivid é de superação e vontade de vencer na vida. Criado em um lar disfuncional com a mãe viciada em crack e o pai traficante, Deivid teve uma infância difícil. Aos 12 anos foi morar em um orfanato junto das suas irmãs, com 18 anos começou a trabalhar com vendas e aos 20 iniciou na fotografia, podendo tirar as suas irmãs do orfanato com a renda que conseguia desse trabalho. Foi através do empreendedorismo que o jovem descobriu o amor pela fotografia e um caminho para ter um futuro melhor.


Hoje, Deivid é proprietário da DJ Fotografias, estabelecimento localizado na cidade de Pato Branco, PR. Ele conta que trabalha com diversos públicos, desde a classe C até a classe A. “Faço diversos ensaios fotográficos, desde ensaios de família, até trabalhos para profissionais. Tenho o projeto de fotografar o cliente com seu próprio celular, tendo assim um custo menor na prestação de serviço, o que gera um valor menor a ser cobrado, e isso mostra ao cliente que não é só a qualidade da câmera que faz uma foto ficar agradável aos olhos e sim as técnicas utilizadas e o conhecimento que tenho para fazer um trabalho de qualidade e trazer a satisfação prometida”, ressalta Deivid.


Ele explica que a Besouro o ajudou a enxergar algumas coisas que ele poderia potencializar no seu trabalho, tirando muitas dúvidas. O seu maior sonho é ser um referencial e atender em larga escala, em todo o Brasil com ensaios fotográficos externos, preferencialmente. Deivid conta que um evento marcante que aconteceu na sua trajetória foi quando ele conseguiu comprar a sua nova câmera profissional. “Mesmo pagando parcelado, eu consegui comprar uma câmera de um valor bem alto e consegui alavancar o meu negócio, superando as dificuldades que tinha e isso, para mim, foi muito marcante”, salienta.


Do início da sua caminhada até hoje ele estima que teve um aumento de renda de aproximadamente 30% a 40% e tem conseguido aplicar os conhecimentos que adquiriu com a capacitação na sua prática profissional. Além disso ele tem um Instagram com cerca de 15 mil seguidores e dá aulas de fotografia para uma turma com seis alunos que receberão certificado até o final do ano. O jovem tem orgulho de ter atendido clientes de todo o Brasil, como do Distrito Federal, Florianópolis, São Paulo e Belo Horizonte. "Graças a Deus está fluindo, hoje trabalho somente com fotografia", comemora.

Deivid ainda resumiu o trabalho da Besouro em três palavras-chave, ou termos: visão, empurrão e mão estendida.


142 visualizações0 comentário
Wpp2.png