Buscar
  • Besouro da Silva

A estudante de psicologia que encontrou no crochê muito mais do que alívio para o estresse


Empreendedor: Jéssika Maria Malheiros José dos Santos

Nome do negócio: Crochê da Jeh

Idade: 30 anos

Localidade: Recife, PE

Tempo de atuação: 2 anos

Redes sociais: @croche.da.jeh

Expectativas: Continuar crescendo para conquistar muitos clientes novos


Certo dia, com a ansiedade nas alturas, durante a pandemia, Jéssika acordou e decidiu começar a fazer crochê. A graduanda em licenciatura e pedagogia, de Recife, conta que nunca tinha pensado nessa possibilidade antes e, muito menos, tinha vontade de fazer crochê. No entanto, ela decidiu começar essa nova atividade para aliviar o estresse.


Ela pediu agulha e linha emprestados para a mãe, foi no YouTube e começou a treinar, assistindo os tutoriais. Um mês depois, teve seu primeiro trabalho pronto e, a partir daí, não parou mais, vendo nessa atividade uma boa oportunidade de negócio, fundando o Crochê da Jeh. O crochê, feito pela pernambucana, é em fio de malha. "Faço peças decorativas, kits para bebês, lembrancinhas e futuramente bolsas", conta a empreendedora.


A maior dificuldade encontrada pela empresária tem sido achar tempo para produzir, pois ela tem outras demandas, principalmente com a faculdade. Além disso, ela também sente que precisa melhorar o seu planejamento financeiro, mas já está buscando aprender mais para colocar o seu negócio na trilha do sucesso.


Para Jéssika, a sua trajetória no curso, oferecido pela Besouro em parceria com a Gerdau, foi muito agradável e enriquecedora. "Nossos encontros foram sempre recheados de trocas e bons conteúdos sobre as diversas áreas do empreendedorismo e trouxeram muito conhecimento e crescimento para o meu negócio", depõe Jéssika. O seu maior sonho é continuar se dedicando e se aperfeiçoando, cada vez mais, para conseguir conquistar muitos novos clientes e fazer o seu negócio crescer com confiança.

1 visualização0 comentário
Wpp2.png