Histórias de Lacrimejar

Quem quer banana?

Quem quer banana?


Bolo de banana, farofa de banana, doce de banana, panqueca de banana, sorvete de banana… Existe uma infinidade de receitas com banana! Se deu água na boca, não precisa se preocupar: se depender da Banabrisa, não vai faltar banana! No comando da marca, está Mateus Bresolin, 24 anos, de Três Forquilhas.

Em março, ele participou da capacitação ‘A Riqueza das Áreas Rurais: Agro e Turismo’, em Terra de Areia. A decisão de participar veio a partir da vontade de aprender coisas novas que Mateus traz consigo. “Estava disponível por meio da Coomafitt [Cooperativa Mista de Agricultores Familiares de Itati, Terra de Areia e Três Forquilhas] e me interessei porque todo aprendizado vem para somar e é sempre bom estar atualizado”, destaca.

A lida com as bananeiras não é de hoje, uma vez que o pai do jovem empreendedor já trabalhava com o plantio e a venda da fruta. Hoje, a produção se concentra em dois tipos de banana: prata e caturra. “Eu já sabia como era o sistema, só inovei com a produção orgânica por questão de demanda de mercado”, explica.

Esperto esse besouro, hein?! Viu que a demanda por frutas orgânicas aumentou por parte dos consumidores e não teve dúvida: apostou nesse negócio! Além de ser um diferencial no mercado, ainda ajuda o meio-ambiente e a saúde dos consumidores.

Daqui para frente, a metodologia By Necessity vai ajudar Mateus em diversos aspectos, mas em um ainda mais. “Me ajudará a calcular minhas despesas e a tabelar qual é meu lucro para poder estar cada ano aumentando a plantação”, acrescenta.

Além disso, conforme o aluno, o conteúdo sobre divulgação também foi um dos destaques. “No meu caso, ainda não vou precisar fazer divulgação porque tenho venda garantida, mas, se algum dia precisar, já vou ter uma base por onde começar”, diz. Hoje, o produto é entregue diretamente à cooperativa.

A vontade de ser empreendedor, de certa forma, sempre esteve presente na vida do Mateus. Atualmente, a maior vantagem que ele enxerga em ser dono do próprio negócio é poder ter controle do ambiente de trabalho. Em relação às expectativas, elas já estão definidas. “Contratar um funcionário e aumentar a produção”, conclui.

Redação: Priscilla Panizzon/Agência Besouro

Outros Cases de Sucesso

Agência Besouro
whatsapp
whatsapp
maps
facebook
instagram
Inovando Sites Criação de Sites Porto Alegre