Histórias de Lacrimejar

Diferentona e deliciosa: já conhece a pipoca gourmet?

Diferentona e deliciosa: já conhece a pipoca gourmet?

Colorida, com calda e de sabores variados, em cinco meses, pipoca é o que a Stephane sabe fazer de melhor!

Planejar nem sempre é fácil, mas com uma boa ajuda dá pra perceber mais resultados positivos. Esse foi o caso da Tia das Pipocas, a Stephane Rodrigues, ela iniciou o negócio às pressas, sem entender muito de faturamento, marketing e… pipoca. Mas ela não desistiu. Ao invés de se desesperar, foi em busca daquele up básico.

A metodologia By Necessity foi um “divisor de águas” na vida da Pipoqueira Gourmet. Com o incentivo dos professores, as coisas foram se assentando. Ficando mais fáceis e incríveis. As ideias que a Stephane já tinha foram expandidas com o apoio do pessoal do curso.

Nada melhor do que valorizar o que é bom, né? A Tia das Pipocas, finalmente, percebeu que seu produto era bom. Só precisava de uns ajustes e novas estratégias.

Nas 30 horas de curso, as pipocas gourmet já ganhavam outra cara, chegavam a mais pessoas e ajudavam a Stephane a organizar as finanças. Ela, que só olhava o dinheiro que entrava, aprendeu que existem muitas outras variáveis que influenciam a gestão financeira.

Para quem não sabia calcular o preço do produto, não sabia o que era capital de giro e não tinha noção do fluxo de caixa, o curso foi uma superajuda. Agora, ela sabe a diferença entre despesa fixa e despesa variável, por exemplo. Sabe direitinho qual é o lucro do que vende, pois antes não fazia a separação.

E tem como colocar o preço nas pipocas sem uma pesquisa de mercado, sem considerar por quanto tio da esquina tá vendendo? Não, não tem. Se, antes, a Tia das Pipocas não sabia nem ao certo quantos pacotinhos vendia por dia, hoje ela sabe aplicar pesquisas, tem certeza de qual é o seu produto final e sabe investir no fornecedor certo.

Mas não foi só isso que a Stephane aprendeu. Tem como chegar até o público sem segmentar o público-alvo? Ou sem saber da importância do pós-venda? Na-não! Quem sabe da importância da própria marca sempre quer investir em melhorias, entender melhor os pontos fortes e os pontos fracos. Isso permite que mais ideias possam surgir e agregar valor ao negócio!

Se, com cinco meses de pipocas por aí, a Stephane já está bombando, imagina daqui um ano, né?! E não é qualquer pipoca, não. Aqui a pipoca é chique e diferentona!

Depois de uma viagem ao Espírito Santo, a Pipoqueira conheceu a tal da pipoca gourmet. Ela não tem nada a ver com a pipoca de microondas. Com outros ingredientes, como chocolate 70%, ovomaltine, oreo, coco e limão, é caramelizada e, ainda quente, é selada com leite ninho e o que mais você quiser. Difícil não querer, né? Se precisa colorir uma festinha infantil, chama a Pipoca Gourmet!

O início foi turbulento. Sem preparar direito as receitas, já estava divulgando. Aconteceu o pior: muitos pedidos chegaram e a Moça das Pipocas se viu sem ter pra onde correr.

Depois de queimar várias panelas em casa, finalmente percebeu a importância de se profissionalizar e fez cursos online. Para quem só sabia fazer pipoca pronta, ela teve que aprender a correr de diferenciais: caramelos, caldas e o colorido. No meio do caminho algumas coisas tiveram de ser mudadas para gerar mais resultados legais, como a adaptação das embalagens. Mudou também o relacionamento com o cliente.

Nada como ouvir o que o pessoal quer, né? E a Stephane meteu a cara. Quais eram os sabores que o povo mais gostava? Ela teve também que trocar aprendizados com outros pipoqueiros para entender melhor onde comprar insumos e o óleo adequado.
Antes, as pipocas eram vendidas com dois preços. Hoje, são quatro, o que aumentou as vendas. Mais opções, mais gente comprando! Na página do Facebook dá para fazer a encomenda do jeito que preferir.

E a Stephane já encomendou adesivos com a marca para colocar no carrinho e o cartão de visitas e o de fidelidade estão chegando. Algo que a Pipoqueira Mais Famosa pensou melhor depois do curso foi o nome do negócio.
É sempre bom simplificar, né? Então, nada melhor do que associar a pipoca ao nome do bairro em que é vendida! E quem não gosta da famosa degustação? Provou, levou. É assim que a Pipoqueira Gourmet sabe fisgar o pessoal. E as pipocas podem durar até 15 dias!

As pipocas ficaram tão conhecidas que estão sendo encomendadas nas cidades vizinhas. Mas aí fica meio difícil, então, a Stephane ainda quer ter mais carrinhos espalhados, pra todo mundo poder comprar, e ela poder entregar.

Mas o sonho dela não para por aí. Além de aumentar a frota de carrinhos, a intenção é contratar mais gente e realizar a tão almejada formalização.

A gente só fica torcendo pra que mais pessoas conheçam a pipoca da
Stephane! Bora provar?

* Agência Besouro / Redatora: Marina Spim

Outros Cases de Sucesso

Agência Besouro
whatsapp
whatsapp
maps
facebook
instagram
Inovando Sites Criação de Sites Porto Alegre