Na Mídia

Brasil exporta modelo de negócio para Guiné-Bissau

Brasil exporta modelo de negócio para Guiné-Bissau

O Instituto Besouro de Fomento Social, entidade brasileira dedicada ao desenvolvimento de pessoas em vulnerabilidade social por meio do empreendedorismo, sediada em Porto Alegre (RS), iniciou em Portugal a capacitação em projeto que ensina, de forma gratuita, a criar plano de negócios e o adapta para novas empresas de pequeno porte.

A Juventude Empreendedora faz parte de iniciativa em parceria com o Fórum da Juventude da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (FJCPLP). Até o final deste mês, o projeto passará por Moçambique, Cabo Verde e Angola. O programa também será implantado em São Tomé e Príncipe, Moçambique e Timor Leste. Em Guiné-Bissau, foi assinado acordo de cooperação entre o Instituto Besouro e o governo federal, e, no mesmo dia, 60 novos negócios foram criados em Bissau, capital do país.

O objetivo principal é implementar a primeira incubadora pública de empresas da África Ocidental. “Nosso objetivo é reproduzir em mais países de língua portuguesa as experiências que há anos desenvolvemos no Brasil, com muito êxito. Mais do que exportar matéria-prima, queremos mostrar que somos capazes de levar conhecimento a outras nações”, explica o gaúcho Vinicius Mendes Lima, fundador da Besouro Agência de Fomento Social. Para ele, a conquista mostra o reconhecimento do potencial empreendedor de nações por vezes estigmatizadas.

“Em um continente onde vivem 15% da população mundial e que possui os maiores índices de pobreza do planeta, empreender não é uma possibilidade, é uma necessidade. Por isso, chegamos para contribuir com o desenvolvimento das pessoas que mais precisam gerar renda”, destaca Mendes Lima.


Fonte: Liliana LavorattiI/Diário Comércio Indústria e Serviços (DCI)

https://www.dci.com.br/colunistas/onu-adota-metoo-contra-assedio-sexual-1.811187

Outros Cases de Sucesso

Agência Besouro
whatsapp
whatsapp
maps
facebook
instagram
Inovando Sites Criação de Sites Porto Alegre