Na Mídia

Agricultores familiares e pequenos produtores recebem capacitação para abertura de negócios em Terra de Areia

Agricultores familiares e pequenos produtores recebem capacitação para abertura de negócios em Terra de Areia

A agricultura familiar é um dos braços fortes na luta contra a erradicação da fome e da produção de alimentos saudáveis. Segundo dados do Ministério do Desenvolvimento Social, em 2017, 70% dos alimentos que chegaram à mesa da população brasileira foram provenientes desses agricultores. Entretanto,o Censo Agropecuário publicado no mesmo ano aponta que a população rural está envelhecendo e os jovens tendem a migrar para centros urbanos, pondo em risco a continuidade do trabalho no campo. Em uma década, a parcela de pessoas com 65 anos passou a representar 21,4% dos moradores rurais, em 2006, era 17,52%. Em contraponto, os jovens com idade entre 25 anos e 35 anos representam 9,48% do contingente, bem abaixo dos 13,56% do censo anterior.

Com o objetivo de fomentar o empreendedorismo no campo e estimular a permanência dos jovens nas áreas rurais, a Cooperativa Mista de Agricultores Familiares de Itati, Terra de Areia e Três Forquilhas (Coomafitt), em parceria com a Essência do Saber, realizará o curso A Riqueza das Áreas Rurais – Agro e Turismo. Ministrada pela Besouro Agência de Fomento Social, a capacitação ocorre entre os dias 11 e 16 de março. Durante esse período, 30 alunos da primeira turma receberão a capacitação na Universidade La Salle (Unilasalle) em Terra de Areia.

O método utilizado no curso é o Plano de Negócios By Necessity cujo o objetivo é iniciar ou alavancar negócios nascidos e mantidos em regiões pobres, com baixo Índice de Desenvolvimento Social (IDH) e ausência efetiva do Estado. Em dois anos, a metodologia By Necessity já foi aplicada em mais de 170 municípios brasileiros, gerando negócios que acumularam cerca de R$ 60.750.000 de renda até janeiro de 2019.

Em Terra de Areia, para melhor se adequar aos recursos disponíveis, o curso será voltado ao agronegócio e turismo rural. Passado o período de aulas, os novos empreendedores contarão com a incubação e acompanhamento dos negócios por 90 dias.

Para o presidente da Besouro e criador da metodologia By Necessity, Vinicius Mendes Lima, a riqueza e a sustentabilidade do país passam pelo agroempreendedorismo e agroturismo, sobretudo, com a qualificação das novas gerações. “Se todos prestassem atenção em tudo que podemos aproveitar da terra e não apenas matéria-prima para muitos produtos, seríamos uma nação muito mais rica e sustentável”, alerta.

De acordo com o vice-presidente da Coomafitt, Bruno Engel Justin, esse tipo de capacitação é muito importante no meio rural, pois é necessário que, cada vez mais, os agricultores permaneçam no campo e tenham ciência da importância do seu papel social. “A Coomafitt sempre se importou em ter espaços de conhecimento, de formação e capacitação. Isso tem muito a ver com o desenvolvimento local e agrega à cooperativa, para as pessoas e toda a comunidade. Muitas vezes, o agricultor é visto como alguém que não precisa estudar, se qualificar. Muito pelo contrário, precisa ter acesso ao conhecimento, ter formação, capacitação. Especialmente, pelo papel e comprometimento que o agricultor familiar tem na sociedade de produzir alimentos saudáveis”, avalia.

Sobre a Besouro Agência de Fomento Social

Responsável pela criação de mais de 4 mil negócios em mais de 170 municípios de todo o Brasil, a Besouro Agência de Fomento Social gerou mais de R$ 60 milhões em renda, em 2018. O administrador Vinicius Mendes Lima está à frente da Besouro, sendo o criador do método By Necessity (por necessidade, em português), que ensina os participantes a montar um plano de negócios em cinco dias. Vinicius é, também, mestre em Marketing Estratégico e leciona em instituições no Brasil e na Argentina. Além disso, conta, em três livros, o trabalho desenvolvido pela Besouro nas periferias e lugares em situação de vulnerabilidade social: “A Riqueza das Favelas”, “By Necessity – plano de negócios por necessidade” e “Canvas das Favelas”.

Sobre a Coomafitt

Criada em 2006, a Coomafitt transformou a vida de 231 famílias de agricultores familiares de Itati, Terra de Areia e Três Forquilhas, no litoral norte gaúcho. A entidade surgiu para promover o desenvolvimento socioeconômico dessas famílias por meio do comércio justo de alimentos de qualidade com respeito às pessoas e ao meio ambiente. Hoje, produzem, anualmente, mais de 6,4 mil toneladas de 127 variedades de alimentos.

Fonte: Jornal Bons Ventos

http://jornalbonsventos.com.br/agricultores-familiares-e-pequenos-produtores-recebem-capacitacao-para-abertura-de-negocios-em-terra-de-areia%EF%BB%BF/

Outros Cases de Sucesso

Agência Besouro
whatsapp
whatsapp
maps
facebook
instagram
Inovando Sites Criação de Sites Porto Alegre