Histórias de Lacrimejar

Agência Besouro possibilita um recomeço para apenados de Porto Alegre

Agência Besouro possibilita um recomeço para apenados de Porto Alegre

Todo mundo merece uma segunda chance. Foi essa oportunidade que apenados da Fundação Patronato Lima Drummond, em Porto Alegre, tiveram nos dias 16 a 18 de julho, por meio do Ressocializa Empreendedor, curso realizado pela Agência Besouro.

Foram 11 alunos que participaram da capacitação pelo método By Necessity, o qual ensina a abrir um negócio partindo do zero, com baixo ou nenhum custo.

O intuito principal da capacitação é estimular a ressocialização dos presos dos regimes aberto e semiaberto do Patronato. A instituição é referência em reintegração social, por não existirem grades e grandes muros. E por promover qualificações para o enfrentamento do mundo pós-prisão.

Sim, é possível ser empreendedor
Carlos*, 30 anos, sempre teve o sonho de ter o próprio negócio, mas não tinha ideia de como torná-lo realidade. Ele corta cabelo nos horários em que não está trabalhando em um restaurante, sua ocupação atual.

No entanto, quer transformar o serviço de barbeador no seu negócio principal. Fez um curso no ano passado, onde aprendeu o básico sobre ser cabeleireiro.

“Eu já corto cabelo, mas não tinha entendimento de como eu poderia fazer, até mesmo na questão de lidar com o próprio dinheiro, que é bem difícil. O curso ensina que se tu tiver um planejamento bom, tu consegue. Mostra que é possível”, destaca.

A ajuda da Agência Besouro na parte financeira, segundo Carlos, foi fundamental. “Eu nunca tinha feito uma conta para saber o quanto eu gastava, o quanto eu não gastava, onde é que estava indo o meu dinheiro e hoje eu já sei onde está o furo. Agora estou mais motivado ainda para abrir a minha barbearia”, conta.

Ele planeja fazer a divulgação pelas redes sociais, além de contar com o boca a boca dos clientes. “O curso deixa a gente bem empolgado. Foi bem fácil de entender tudo. Eu só tive ganhos”, completa.

Uma baita ajuda para recomeçar
José*, 42 anos, pretende abrir uma lavagem a seco e ecológica. O diferencial será o atendimento a domicílio, personalizado. Cada cliente terá uma ficha, com os horários que possuem disponíveis. “Pode ser à noite, à tarde, no dia melhor para ele”, ressalta.

Para o futuro empreendedor, o Ressocializa é uma iniciativa importante. “A pessoa que sai do regime fechado se preocupa com o que ela vai trabalhar e a maioria quando sai não tem uma profissão. Por ser um curso gratuito no semiaberto, é uma luz no fim do túnel”, explica.

O conteúdo que José com certeza aplicará tim-tim por tim-tim é o capítulo que aborda finanças. “O cálculo do custo fixo e do custo variável para eu poder chegar no final e incluir tudo isso no preço do meu serviço, para que eu não venha a perder (dinheiro) no final do mês”, acrescenta.

O objetivo é transformar a lavagem um negócio de família, onde os filhos trabalhem juntos com ele. “Quero ver se consigo passar para eles esse espírito de empreendedorismo para que eles me ajudem, com estímulo para crescer”, planeja, animado.

Ao final do Ressocializa Empreendedor, os alunos receberam a marca do seu negócio, produzida pela equipe de design da Agência Besouro, e um certificado de conclusão. Além disso, contarão por 90 dias com suporte para dúvidas em modelo de incubação para auxiliar na execução do plano de ação.

*Os nomes foram trocados por questão de segurança.

Redação: Priscilla Panizzon/Agência Besouro

Outros Cases de Sucesso

Agência Besouro
whatsapp
whatsapp
maps
facebook
instagram
Inovando Sites Criação de Sites Porto Alegre