logo-ler-liberat.png

Sobre o projeto

O sistema carcerário do Brasil acumulava mais de 770 mil pessoas, em fevereiro de 2020, de acordo com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen). Esse número nos coloca no 3º lugar do ranking de países com maior população presa. Sem perspectiva de sair do sistema carcerário – e muitas vezes retornando para ele -, os detentos e detentas podem ter uma visão diferente da situação em que se encontram. Por meio da leitura, buscamos a redução da pena deles, uma opção prevista em lei.
O Ler Liberta contempla quatro Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:

Grupo 430.png
Interseção 4.png
Grupo 864.png
Interseção 3.png